terça-feira, 14 de agosto de 2012

NO TANTRA, ESTUDAR É PRATICAR.


NO TANTRA, ESTUDAR É PRATICAR.
Um livro pode ser muito bom, mas jamais poderá ser INTENSO.
Voce pode ler tudo sobre a dança, mas se deixar de DANÇAR, jamais SENTIRÁ o calor proporcionado pelo toque, pelo cheiro e pela música. Voce simplesmente está morto, mas ainda não sabe.
Leitura é mente... Tantra é Coração!
Livros são Idéias... Tantra é Prática!
Palavras são vazias... Experiências são reais!!!

NO FINAL.... VOCE É QUEM DECIDE POR SER ´´INTEIRO´´ OU MORRER ´´VAZIO´´. (Anand Milan)

TANTRA É OBA OBA?

Este texto que escrevi fez tanto sucesso no facebook que resolvi compartilhar também com voce que está visitando o meu Blog, mas não me acompanha muito...
Delicie-se! Comente se quiser...
Gratidão desde já! Chandra.

Por: Chandra Veeresha
"O Tantra é um apontamento que poucos compreenderão mesmo, em essência. O máximo que se tem atingido do Tantra é a superfície. Isso porque muitos vem até ele achando que é um "Oba Oba" e no início, até parece ser...
A gente se toca, a gente dança, a gente se curte, a gente fala sobre sexo de uma forma natural e sem bloqueios e quem vê de longe acha realmente que é pura LUXÚRIA
Mas quando se percebe que o grande apontamento do Tantra é QUEM É VOCE, e que para reconhecer isso preciso deixar as máscaras caírem, abraçar o Planeta como sua verdadeira família e lar, respeitar-se como deus/deusa, falar a verdade, ser pacífico, cuidar da sua sexualidade, bancar-se, muitos desistem. Desistem porque é muito mais fácil viver na mentira. O mundo hoje é uma mentira. A vida da maioria das pessoas é pura mentira. O trabalho é o que não gosta, o relacionamento é uma merda, os aprisionamentos são maiores do que se pensava...
O Tantra é o caminho do fio da navalha. Do TUDO OU NADA. A palavra
MAIS OU MENOS inexiste dentro do Tantra.

Se voce não tiver coragem de percorrê-lo, precisa antes assumir a si mesmo que precisa assumir esta coragem, que precisa usar a sua energia e transformar em coragem - a raiva mesmo pode ser usada e transformada em coragem, então, é preciso humildade para reconhecer isso e reconhecer que voce ainda precisa de alguém para lhe dar a mão. O Mestre é quem lhe dá a mão. Nada mais ele faz. Todo resto depende muito mais de voce...
A maior parte das pessoas que vem com aquele discurso de que o mestre está dentro de cada um, nunca deu um passo se quer. Observe! Estão amarradas á família, desgastadas com o feminino e o masculino representado pela figuras de pai e mãe e consequentemente marido e esposa, exaustas, sem energia para nada, sem saúde e a vida não prospera...
A SIMPLICIDADEdo Tantra é o que causa toda a confusão, pois a mente acostumou-se a ser complexa e quanto mais complexidade, mais ela se amarra.
Quando dissemos que TANTRA É VIVÊNCIA, que sem experiências não há transformação, muito nem ligam, pensam que é balela. Mas se indicarmos um livrinho meia boca qualquer, todos vão querer ler. Porém, quanto mais se lê, mais se confundem. A leitura é boa só em alguns momentos. A leitura pode ser apenas um pequeno auxilio, jamais o principal.

Por que algumas pessoas se desenvolvem até certo ponto quando começam a participar de cursos/grupos de Tantra e depois estagnam?
Porque não meditam. Se meditarem, o acesso a si mesmo será cada vez mais rápido, simples e sem dor. O acesso à verdade do SER...
Porque não vivenciam o que falam. Quando uma experiência chega até elas, elas fogem dela, enquanto que um Tântrico a agarra sem dó nem piedade do seu Ego. Esta é a diferença dos que só falam e leem e dos que vivenciam. Os que vivenciam estão sempre transcendendo, criando, dançando, cantando e amando. Não amando este ou aquele, mas cada vez mais pessoas participam da sua Teia de Amor.
Enquanto os que só falam, na primeira oportunidade de dançar, se trava. É fácil ver isso...Muito fácil...
O ser humano aprendeu a ser muito "dodói'. Ofende-se por qualquer "coisinha". Diz que quer transformações profundas, mas no primeiro obstáculo, ele duvida do que quer.
Um “Busca Amor’ reconhece que não é o Ego e quanto mais medita e mergulha de cabeça e coração no Tantra, menos se importa com o que pensam dele, com o que falam para ele, ele raramente se ofende! Ele reconhece que não é o Ego.
O Tantra aparentemente é o caminho largo, mas na profundidade voce descobre que nunca foi isso, pois muito embora ele seja simples, voce desaprendeu o que é ser simples e precisa resgatar isso novamente. Se meditar e vivenciar os apontamentos tântricos, será muito leve, mas se não meditar, será pesado.
Voce é quem escolhe o que quer, neste caso. E aí? Leveza ou Peso?
Há tempos escolhi a Leveza...A Plenitude...
Sat Chit Ananda!!! A Bem Aventurança!'Verdade!Consciência e Felicidade!!!. (Chandra Veeresha)

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Curso de Massagem Tântrica 22 e 23/09


Olá amigo que visita meu Blog
Veja que convite maravilhoso trago a voce: Este é com toda certeza um dos cursos de Massagem Tântrica mais completos do País. Um curso intensivo e muito prático. Voce aprende uma diversidade de manobras tanto para usar na sua vida pessoal e relacionamentos, como também para usar como terapia. São muitas as variações. Além disso, aprende a montar ambientes tântricos, com aromatização, velas, incensos, tecidos etc.
Aprende pontos para aumentar o prazer de quem recebe, pontos que estimulam a libido e melhorar a capacidade sexual da pessoa em pouco tempo. O melhor é que ao fazer este curso voce aprende técnicas de concentração, de meditação, aprende a estar presente de verdade enquanto faz a massagem. Esta é a técnica original da Índia.
Venha conhecer!
(11)3427-3659
www.templodaluaterapias.com
VAGAS LIMITADAS!Se voce não tem parceiro, fique tranquilo(a). Reserve com antecedência sua vaga e deixe que nós cuidamos disso.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Feito Brasa - Poema Tântrico


Quem é este estranho que bate a minha porta?
Quem é este estranho que me toma de forma tão inesperada?
Quem é este estranho que me faz sair do chão sem levantar os pés?
Quem é este estranho que me leva pra outras dimensões sem jamais, em tempo algum, ter me consultado?

É suave como a brisa
Leve como a seda
Sutil como o arrepio do ser amado
Mas por vezes queima feito brasa
E me enche de “vontades”
Num calor quase infernal
Que alcança mais de 50°
E me transporta até o céu

Ouço sinos dentro de mim
Que hora faz “Dlim”
Hora faz “Dlom”
Com todo este movimento
Descompassado torna o coração

Nuvens que transitam
De um lado ao outro
Parece vir mais um temporal
Sou “Eu” que me perco
Enquanto te encontro
Em viagens que faço no “Astral”

Num ledo engano é que noto
O brilho das cores reluzentes
É muita loucura, diz a minha mente
Mesmo assim é sensacional
Diz algo dentro de mim

Não julgue
Apenas viva este sentimento
É amor no mais alto grau
É amor posto com delicadeza
Juntando-se às flores do seu jardim

Ouça e deixe-se levar
Solte as amarras
Não brigue com a força do mar
Somente isto basta
Desfaça os “nós das conveniências”
Coloque-se pronto para Amar.

(Chandra Veeresha 16-07-2012)

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A Menstruação segundo as Bruxas- visão semelhante ao Tantra


Comentário:
Voce deve estar se perguntando, mas este não é um Blog de Tantra? Sim. Um blog de Tantra e Sexualidade, sobre diversas perspectivas. Por isso, quero que voce leia este texto que achei muito interessante e cuja a visão se assemelha completamente com a visão do Tantra. Portanto, deleite-se..(Chandra Veeresha)

Como as Bruxas vêem a Menstruação

Muitas mulheres vêem o sangue menstrual com as marcas que o patriarcado lhe colocou: sujo, nojento, desagradável...

Bem, para ser uma bruxa você tem que destruir esses pensamentos e essas sensações e recuperar a sacralidade de seu sangue menstrual. Acostume-se com seu sangue menstrual.

Menstruar é um fato central na vida de qualquer mulher. Entre as diferenças que existem entre homens e mulheres, 'sangrar sem morrer' certamente é uma das mais significativas e que deixou forte impressão na mente humana, desde o primórdio dos tempos. Para nossas ancestrais da Idade da Pedra, o sangue menstrual era sagrado. A palavra sacramento provavelmente se origina de sacer mens, literalmente, menstruação sagrada.
Menstruação significa "mudança de lua". Tem como sílaba-raíz mens, mensis, e está na origem da contagem do tempo. Forma palavras como medida, dimensão, metro, mente, para citar algumas.
O sangue menstrual, representando o poder de criar vida que conecta as mulheres com o próprio universo, era tabu, palavra polinésia significando "sagrado" e "proibido". Nas sociedades tribais, a menarca, o início do fluir do sangue, era celebrado com um rito de passagem, auxiliando a menina a realizar sua entrada para o reino do mana: o poder sagrado transmitido pelo sangue e que tanto podia dar como tirar a vida.

Ao longo dos milênios, as mulheres têm desaprendido a arte de menstruar, de fluir com a vida. O que era sagrado tornou-se proibido, sujo, contaminado. A regra passou a ser esconder a regra. O resultado disto foi que o evento central na vida de toda mulher madura tornou-se invisível. Mesmo mulheres "liberadas" acreditam que suas regras (aquilo que as rege) são uma inconveniência que deveria ser eliminada. A decantada imprevisibilidade feminina é, em grande parte, decorrente das oscilaçes a que a mulher está submetida, ao longo de seu ciclo mensal. É expressão da imprevisibilidade da própria vida.
Se você quiser se conhecer melhor como mulher:
• fique atenta ás oscilações que você sente durante seu ciclo menstrual
• observe a lua e note a diferença de menstruar na lua cheia ou lua nova
• anote seus sonhos e veja as diferenças entre ovulação e menstruação.
• elabore um mapa dos padrões para ajudar você a programar seu 'tempo da lua'.


Faça de sua menstruação um tempo de celebração como mulher:

Rituais Femininos e a Menstruação

Ritual de celebração menstrual

-velas vermelhas,
-uma granada ou cornalina,
- flores de hibisco ou outras flores vermelhas
- seu jarro menstrual
- vinho tinto
- bolo
- incenso de artemísia ou canela
- uma pedra chata, recolhida por você em uma cachoeira ou rio ( mais ou menos com uns 20 cm ou um pouco mais, e um pouquinho pesada, para você poder colocar sobre o ventre e fazer uma certa pressão)

Acenda os incensos e unte as velas com seu sangue, acendendo-as. Coloque a pedra achatada a sua frente e desenhe nela com seu sangue símbolos da Deusa: espirais, labirintos, triskelions, etc. Deixe no altar suas pedras de cornalina e granada e as flores. Pegue a pedra grande já desenhada, deite-se e coloque-a sobre o útero.

Feche os olhos e comece a se tornar consciente apenas da pedra e do peso sobre seu ventre. Respire no ventre e se conecte com ele. Veja a cor que está aparecendo. Torne-se consciente do grande poder que o sangue menstrual
implica, porque iguala você e a Deusa no processo da Criação. Medite sobre a pequena morte que a menstruação representa. Lembre de quanto sangue ja´ verteu para que a humanidade chegasse aqui e perceba a irmandade que une todas as mulheres que existem e que existirão. Viaje para dentro de seu útero, percebendo-o como que forrado em rico veludo vermelho... Ande por ele procurando o fluxo de sangue ... Veja uma grande piscina de sangue e banhe-se nela. Recupere suas forças nesse processo, recupere o poder de seu ventre.

Veja seu ventre pulsando com essa energia vermelha, saudável e luminoso. Encerre a meditação e imante as flores com essa energia do sangue. Consagre o vinho tinto e o beba em homenagem a Senhora do Oceano de
Sangue, não sem antes fazer uma libação. Coma o bolo. Faça uma oferenda para a Mãe Terra, com parte do vinho, do bolo e com um pouco do seu sangue colocado sobre a terra.

Para melhorar cólicas e diminuir a TPM

Mulheres em conexão com seu ventre, mulheres que assumem o poder da bruxa não têm- salvo patologias mais complexas e mesmo assim raramente- cólicas e problemas com sua menstruação...

Regra número um para obter a conexão é se expor a luz da lua todas as noites por alguns segundos ao menos. A atitude mental deve ser a de fazer coincidir as fases do ciclo com as da lua. Assim, menstrua-se
entre minguante e nova, está-se fértil na cheia...mesmo que sua menstruação não seja assim, vc pode fazer com que o ciclo mude. Se for do tipo que menstrua com a lua cheia, imagine as fases inversamente. Toda noite olhe para o céu e veja a lua. Peça sua força para seu ventre e visualize o que deveria estar acontecendo nele de acordo com a fase da lua.


Você vai se surpreender com a rapidez da resposta. Seu ciclo muda em média, em 3 meses.

Faça um diário lunar, ou seja, todos os dias, por 6 meses, anote o dia do mês, a fase da lua ( contando assim: primeiro dia da crescente, segundo da crescente, primeiro da cheia e assim por diante), como se sente física, mental e psicologicamente. Assim descobrirá em que lua você e´ mais forte, qual sua lua de poder em qual prefere estar recolhida. Isso é essencial para quem trabalha com magia lunar.

- CORNALINA - pedra ideal para colocar sobre o ventre. Diminui as cólicas pela energia que concentra.

Sacola e jarro menstrual

Faça um saquinho de couro ou pano vermelho, colocando dentro objetos de poder ligados à menstruação...Um buzio (que representa a vagina), contas vermelhas, granadas, pétalas de rosa, um desenho de sua vulva em vermelho, uma espiral, uma lua em vermelho sangue. Imante-a e carregue na bolsa quando estiver menstruada, deixando em seu altar o resto do Mês.

Pinte um jarro de vermelho e use-o exclusivamente para fazer a oferenda de seu sangue à Mãe Terra. Coloque água nele e lave seu absorvente. Leve a água com sangue para a natureza ou regue um vaso em sua casa ou
apartamento, mentalizando que está agradecendo à Mãe por compartilhar seu poder com você.

Partilhar e festejar

Busque outras bruxas ( ou outras mulheres que se interessem pelo tema, mesmo que não sejam bruxas) e partilhe com elas histórias e segredos, experiências e meditações , insights que você teve durante a menstruação.
Se todas estiverem acertadas com o ciclo lunar, menstruarão mais ou menos nos mesmos dias do Mês. Recuperem o costume ancestral das mulheres que se reuniam em seu Tempo da Lua para partilhar dos poderes
próprios das mulheres. Celebrem, festejem, cantem e dancem esse tempo que a Mãe nos dá como privilégio e do qual temos que nos orgulhar.

"O sangue menstrual, representando o poder de criar vida que conecta as mulheres com o próprio universo"
Extraído da página Recanto das Bruxas, no facebook.Aliás, uma página super recomendada.
Extraído da página Recanto das Bruxas, no facebook.

A Dança - Pablo Neruda



A DANÇA

Não te amo como se fosse rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascender da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

Se não assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que a tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

Pablo Neruda